Como uma Chimére

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Primeiros dias de 2011, e depois da euforia do "é desta e tal"  e "este vai ser O Ano"...depois de desarmada a árvore de Natal (...ou não...a nossa ainda está altaneira...sabe Deus até quando...) ... e de passar o efeito do champanhe ... Chego á conclusão, mais uma vez, que o mais certo é este ano ser mais coisa menos coisa igual ao anterior...

O que não é necessariamente mau:
não tenho muito do que me queixar dos anos anteriores, sou uma pessoa extremamente abençoada no que há de mais importante na vida e ainda costumo ter direito a extras de que muita gente não se pode gabar...

Mas bem que poderia conseguir mudar algumas coisas que me atrapalham o quotidiano...não me parece...as permissas mantêm-se, a minha inércia mantem-se, a vontade também não é muita...não consigo deixar a minha confort zone e dar a volta por cima, até porque antevejo que a volta não seria por cima e nos dias que correm não podemos dar-nos ao luxo de andar a fazer malabarismos com a vida...

Queria implementar o meu plano de conseguir dizer "não", afastar-me de pessoas que me moem o juízo, ter finalmente uma carreira, ficar curada do problema dos dedos... e sair desta estagnação em que me encontro já há alguns anos meses... Não sei se será em 2011.Ou 2012.

...mas pronto, haja saúde, não é?



Mood: assim...

LOL