Eu, a bike, as saladas e a parva da balança

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

É por estas e por outras que ás vezes me apetece amarfanhar um pastel de nata...um não, dois, de seguida, logo pela manhã!
Uma amiga minha dizia há dias que é do músculo.
E era bom que fosse. Mas não é pah...não pode ser...mas também não sei o que seja!

Ando há quase dois meses a fazer uma alimentação exemplar e há mais de um mês que faço exercicio fisico quase todos os dias...ultimamente mesmo todos os dias...
E o único peso que perdi de há 4 semanas para cá foi o peso na consciência :(  Nicles.Zero. Tudo igual.

'Tá mal pahhhhh!

Ainda se andasse a baldar-me aos treinos e a correr todas as pizarias, casas de fast food e pastelarias...
Olho para a porcaria dos dígitos na balança e só me apetece gritar: "Hello??? Os n.ºs congelaram foi?"

Eu sei que não interessa perder peso mas sim volume...e o blahhh blahhh da saúde e tal...mas xiça, bem que podia ser uma miúda saudável e poder vestir as minhas calças de ganga claras, em vez de ser só e apenas uma miúda saudável. (E sim, eu também reconheço que já não sou uma miúda e que cada quadrado de chocolate preto 90% de cacau que eu coma muito de vez em quando, se transforma em 500 quadrados de chocolate no percurso entre a minha boca e o estômago)

E pronto.
Não posso dizer que esteja triste e de rastos...já passei essa fase há alguns anos.
Mas estas coisas chateiam-me.
É por estas e por outras que hoje de manhã ao pequeno almoço devia ter enfardado 5 pastéis de nata.
Mas não enfardei. Nem um.
Vamos ver quem é mais teimosa, se a balança se eu.

Mood: a modos que pesada

LOL

1 zum-zun(s):

Estela Says:
28 de novembro de 2010 às 17:19

Olá! Ca continuamos, não é?...
Voltei, porque sim, porque tem que ser!
E tu, continuas com esta escrita inconfundível, gosto!