Who cares?

quinta-feira, 23 de setembro de 2010


Isto das dietas e afins tem muito que se lhe diga...e dificilmente alguém que nunca tenha feito um regime ou um programa de reeducação (a serio, daqueles que duram meses...) poderá dar o valor ou saber o que verdadeiramente se sente, pelo que se passa e a montanha russa de sentimentos que são despoletados neste processo...

Eu nunca fui gorda, nem na infância nem na adolescência, nem quando estava na faculdade...quando saí da faculdade comecei a engordar com uma relativa rapidez...deixei de fazer exercício, abusei na comida...O tempo foi passando e acho que me fui habituando ao meu aspecto físico...Até que comecei a ficar deprimida, triste...por causa do excesso de peso uma rotula saiu-me do joelho durante uma viagem e fui logo avisada que sempre que aumentasse de peso, o joelho não conseguiria aguentar...

Tive que me "fazer á vida"...na altura comecei o relato da minha dieta no blog Blá-Blás do Dia a Dia...foi aí que efectivamente cresceu a MissFramboesa...

Foi um ano de loucura!Conheci muita gente na mesma situação que eu...outras que não estavam a perder peso mas pelas quais comecei a sentir um grande carinho...Isto já foi em 2006 e mantenho contacto diário, nem que seja via mail ou Facebook com algumas dessas pessoas até hoje :) além de ter cimentado algumas amizades muito especiais que prezo como se fossem de toda a vida!

Adiante...

Nesse ano enveredei por um plano de dieta e exercicio físico como nunca tinha enveredado antes...

De início nem sabia no que é que aquilo ía dar e senti-me (tal como me sinto agora) como aquelas muitas pessoas que passam o tempo a iniciar e boicotar dietas que nunca dão em nada...

Mas estranhamente enchi-me de um poder tal que consegui levar a dieta avante...Confesso que passados cerca de 2 meses, até me fazia confusão como é que havia tantas blogueiras a queixar-se das dificuldades que enfrentavam na dieta, dos deslizes e tentações, porque na parte que me tocava, não só estava a perder peso, como estava a perder volume e cada vez me apeteceia menos alimentos calóricos...Mais ou menos em quatro meses cheguei ao meu objectivo em termos de kilos e figura...e continuei a perder peso...Cheguei a pesar menos de 50 kg (tenho 1,65).

De início parecia um sonho, mas comecei a dar mais atenção ás pessoas que me rodeavam e a uma voz interior que me dizia que talvez não estivesse tudo assim tão bem e tão harmonioso...Já não se tratava de uma questão de peso ou espelho...Já se tratava de conseguir superar-me nem sei bem em quê...

Desengane-se quem pensa que alguém que é obcecada com o peso se preocupa com o espelho acima de tudo...De início pode ser, mas vai para além disso...Nem sei bem se é a adrenalina que se sente por vencer uma batalha que é tantas vezes tão ingrata, se é o prazer desenfreado do elogio...Porque mesmo os comentários do tipo: "Ai pah, estás tão magra que até faz impressão..." Até esses são encarados como elogios...Não me perguntem porquê, não sou psicóloga, não sei responder; não sei hoje nem sabia na altura...

Comecei a aperceber-me que já não ía a uma pastelaria, a uma jantar com amigos, a uma festa, sem estar sempre e permanentemente com receio de comer mais que a conta...O stress é indiscritivel...Talvez seja semelhante ao stress que sente quem deixa de fumar...Comecei a perceber-me que o "mais que a conta" era muito pouco, muito seleccionado...muito restrtivo e impeditivo de viver a minha vida normalmente...

Comecei a ver em mim o tipo de raparigas que sempre critiquei feroz e cruelmente...E entretanto já tinha perdido mais peso que a conta (tinha passado do n.º de calças 44 para 34...) e já sentia algumas mazelas na pele, nos músculos e em termos hormonais. Além do mais estava a assustar toda a gente á minha volta, mesmo sem dar por isso :(

Fui a uma nutricionista que me orientou, e bem!Felizmente não fui a uma dietista, daquelas maradas da dieta do limão, do tomate, de produtos para tomar...Comecei aos poucos a perder o medo de comer e reaprendi a viver normalmente sem ter o stress da alimentação permanentemente.

A coisa até se manteve e embora me fosse queixando de um aumento de peso ligeiro e tal...Desleixei-me com o tempo e a Pos-Graduação que tirei o ano passado foi o descalabro total: mexeu com a minha rotina de treinos, com a minha alimentação que passou a ser alimentação de "bar de escola"...Comecei a desmotivar, a tentar dietas...que não davam em nada...A chatear-me...a fingir que não estava assim tão mal...passaram-se dias, semanas, meses...mais abusos nas festas, nas férias...

Hoje em dia deve parecer estranho a quem não sabe de todo este historial o facto de estar novamente tão determinada em recomeçar o meu processo de ganhar saúde, energia e tratar da beleza (é melhor dizer assim que dizer...perder peso...né?)...

A maior parte do meu guarda-roupa não me serve, sinto alguma pressão no meu joelho e não me sinto bem comigo própria, pela figura e por me ter desleixado desta maneira. Achei sempre que não voltaria a recuperar peso...a sério!Achei que estaria imune a isso...Ainda para mais sinto que de ano para ano o meu metabolismo desacelera um pouquinho (não, não é um mito).

Nos últimos dias ouço constantemente a frase "Mas estás bem assim!" de pessoas que me conhecem há coisa de meses...(O que me irrita solenemente, mas compreendo...)... Por outro lado algumas pessoas que dantes diziam que eu estava bem como estava, ficam espantadas ao ver fotos dessa época e perguntam como é que eu me deixei chegar áquele ponto...

Também ouço por parte das pessoas com quem lido no meu dia-a-dia há mais tempo : "Calma, vais recuperar!"...

Poderiam ser estes comentários que me deitariam abaixo, tal como o do meu marido quando eu rabujei : "Estou gorda!" e ele respondeu: "Então pah...eu também!"....era bem melhor ouvir um "Não estás nada pah...Tás parva?!" ...Mas este "Eu também" dá-me muito mais força para entrar nos eixos a sério e agradeço-lhe do fundo do meu coração por ser tão honesto, porque é isso que espero do companheiro da minha Vida :-)

E agora, depois desta retrospectiva e de recordar o peso que já perdi no passado, vou regressar em força a uma vida mais saudável e mais benéfica para mim.De vez! Aprendi a lição....espero...


P.S. estou no início do 3.º dia, so far so good...falta-me perder 6,6 Kg



15 zum-zun(s):

boneca de porcelana Says:
23 de setembro de 2010 às 11:46

Eu acompanho-te desde os primórdios (sou a Brancquinha), ainda sou do tempo da Gioconda e continuo nesta luta. Isto é para toda a vida! O importante é nunca desistir e tu nunca desistes!Estarei aqui para apoiar porque a nossa luta é idênticA!

***

boneca de porcelana Says:
23 de setembro de 2010 às 11:46

Eu acompanho-te desde os primórdios (sou a Brancquinha), ainda sou do tempo da Gioconda e continuo nesta luta. Isto é para toda a vida! O importante é nunca desistir e tu nunca desistes!Estarei aqui para apoiar porque a nossa luta é idênticA!

***

Amora Says:
23 de setembro de 2010 às 12:02

é bom recordar! e acompanhar!
Estamos aí.
beijinhos

Alexia Says:
23 de setembro de 2010 às 12:27

Gostei do que li, e nem sequer vou fazer comentarios do "tás parva tu não estas gorda", se sentes que não estas no teu peso certo e ideal força, com cabeça e regras tu sabes que és capaz, um passo de cada vez

beijocas light;)

Juanita Says:
23 de setembro de 2010 às 15:04

Li tudo...tudinho...e consigo rever-me em tudo o que escreves, e compreender cada palavra, pq tb passei e passo por isso!!
felizmente fez-se novamente o clique, o despertar destes tempos "parados", a vontade de queres novamente voltar ao que consegui, com muito esforço, mas tb muita perseverença!
cada dia é uma conquista, cada dia é um passo dado...neste momento estou á 24 dias a portar me lindamente! sem pressões (que eu propria as crio), sem maluqueiras, simplesmente a comer saudavelmente e a exercitar!!

tenho consciencia que não sou obesa, mas não me sinto bem como estou e o mais importante NÃO QUERO SER ASSIM...por isso voltei aos bons habitos e tenho a certeza que vou conseguir!! demore 3,4,5,6 meses, não importa, não desisto!!

por isso cá estou para te apoiar e para receber o teu apoio tb!!

beijos grandes
GMDT

Anónimo Says:
24 de setembro de 2010 às 11:11

Olá
Li o que escreves-te e também já me senti assim, neste momento sei que estou bem com o meu peso, mas por vezes olho-me ao espelho e digo "já viste a minha barriga, é só pneus, nem sei o que parece".
O que eu acho é que "aprendes-te a lição", não podemos só perder peso na balança, temos que olhar para nós e tentar-mos ganhar é saude, que é o mais importante.
Um beijinho muito especial, não para a tua determinação em perder peso, mas sim na tua determinação em ganhar saude.
Bom fim de semana e muitas beijocas com carinho
Arminda

Sandra Says:
24 de setembro de 2010 às 11:41

Como já te disse ontem rica amiga, estou contigo! Bem encostadinha! :)))))

Vai correr tudo bem...;)

O teu blog está tão "nitoooo"

Beijinhos

Alexia Says:
29 de setembro de 2010 às 08:58

Adorei esta nova cara ;)

Juh Says:
29 de setembro de 2010 às 10:23

Bem li a tua história e fiquei boquiaberta!!!
Mas espero que neste momento voltes a vida saudável e que a continues para sempre, mas sem deixar de abdicar de tudo pelo peso.
força estou contigo!!!

bjinho

Juh

Dolfy Says:
29 de setembro de 2010 às 16:24

Olá...sou uma das tais de 2006...compreendo cada palavras que escreves no post..apenas a parte do nunca foi gorda é completamente diferente de mim, pq eu sempre fui..mas nunca me habituei e ainda hj sou como sou psicologicamente falando por sempre ter sido gorda.. Há muita coisa que nao consegui fazer por causa disso, também consegui perder peso e cheguei há dois anos atrás aos 58 kgs de 93 a 58, era quase milagre...agora estou nos 70 e tal acho eu, pq fujo da balança a sete pés, pq reconhecer que me afundei novamente dói muito..Quero ganhar coragem e iniciar a luta novamente mas nao sei se consigo..tive alguns problemas pessoais que me dão a deitar abaixo cada dia que passa, mas tenho mais tempo e seria muito mais facil reeducar me e onde estou a morar agoraq até tenho uma bicicleta "xpto" como sempre quis lol, preciso de me impor a mim mesma e recomeçar tal como tu!! Muita Força tou a torcer por ti e sei que vais conseguir :) Confio em ti!!! Beijinhos!! P.S. Queres adicionar me ao facebook? n encontrei o teu mail, o meu é (editado...).

Framboesa Says:
29 de setembro de 2010 às 16:32

Branquinha Para mim és a Branquinha! Obrigada pela força e pelas palavras!

Amora è bom sim senhora!Bora lá pra frente!!!

AlexiaBeijos aceites, palavras assimilada ;-) (bigadas)

Ju Oh caraças, eu a ti nem te digo nada pah...Tu sabes tudo e tudo e tudinho! :-))))Obrigada pelo apoio constante e por perceberes esta doideira toda q é a minha vida :-)

Arminda Sempre com palavras de força mesmo que a vida nem sempre te sorria :-) Obrigada pelo incentivo!

Sandra Vai correr tudo bem pras duas!!!Força nisso!Bigada

Juh Ah pois éeeee!E desta vez vou fazer os possiveis para que se interiorize da melhor maneira ;-)

Dolfy Olha outra!Ehhh...bemmm...ganda testamento...agora larga o blog e vai ja pra cima da bike XPTO :-)))Tu consegues!

sarapatica Says:
30 de setembro de 2010 às 14:36

queria um blog novo... assim giro como o teu lol..........onde foste buscar este look.....adoro....tambem queria a tua força.... ;)

sarapatica Says:
30 de setembro de 2010 às 14:43

Tammém sou de 2006 ou menos...... nessa altura pesava menos 10 Kg...ok entretanto já tive um filho, mas depois de o ter já tive menos 11 quilos que agora........é esta a minha vida...........odeio ser gorda...e hoje sinto-me especialmente feia, horroroja, bola... e mais estou no povoas e esta semana todas as noites meti chocolates para dentro..........trabalho como louca, nao tenho tempo para o meu filho e acho sempre que tudo vai mudar.......e vai eu sei k vai.... mas quero um blog iro como o teu :)

Framboesa Says:
30 de setembro de 2010 às 14:48

Sarapatica
Pelas fotos ng diria q estas assim taooo feia, gorda...e blah, blah, blah...acho q o primeiro passo e mesmo começar a gostar de ti agora e pensar: hummm...imagina se estivesse mais jeitosa?!Depende só de nós, d emais ninguém :) (e tu sempre tens a desculpa de teres o teu filhote né?...eu nem posso me desculpar c isso...)

Framboesa Says:
30 de setembro de 2010 às 14:50

Não me lembro de onde saquei o template, mas googlei: template blogger.
;)