Eu pensava que serias meu para o resto da vida

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009


Conheci-te a caminho da faculdade...

Quando passava ali estavas tu, lindo, reluzente...Povoas-te os meus sonhos materialistas durante meses...Personificavas perfeitamente o que eu queria e ambicionava...

Quando finalmente te fomos buscar, estava tão ansiosa e nervosa que não consegui pegar-te durante mais de 15 dias...gostava (gosto) tanto de ti, que tinha receio de te estragar, sujar...desmantelar...


Acompanhas-te praticamente todo o nosso namoro...assistis-te a beijos e amuos, brigas e palavras carinhosas...

Acompanhas-te também os nossos primeiros (quase) 7 anos de casados...

Levaste-nos para a nossa noite de núpcias, para as compras de supermercado, para as nossas voltas quotidianas...

Levaste-me ao meu primeiro trabalho, à nossa primeira casa, ao meu último dia de faculdade e primeiro de pós-graduação...

Fos-te cumplice da galhofa com a minha mãe quando passeávamos só as duas...

Ouvis-te os meus desabafos quando falo sozinha...viste-me chorar de nervos, impotência ou raiva...

Ouvis-te as minhas músicas favoritas...e tives-te que me ouvir também cantar em dias mais tresloucados...

Por vezes não me deixas-te ficar bem...mais do que uma vez tive que vestir o colete laranja fluorecente á tua conta...e lembras-te quando o capô se abriu e levei com os vidros todos na cara?

Mas sempre cheguei segura a casa...

E orgulhosa de seres meu...


Hoje já não me pertences...e é estranho sentir uma pequena mágoa por o dizer neste primeiro dia em que estás nas mãos de outros donos...Saíram outros modelos mas continuo a gostar tanto de ti!O carro que me fez sonhar quando ía a caminho da faculdade...que eu pensava que seria meu para o resto da vida...

bjs, Framboesa

Prudência?

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Ontem quando vinha na auto-estrada, passa por mim um carro da brigada de trânsito a alta velocidade, com um catrapásio a piscar em que se lia:"prudência na estrada"...

Quando cheguei a casa fiz o que qualquer um faria...

Fui ao dicionário confirmar se a palavra "prudência" tinha ainda o mesmo significado que anteriormente....

bjs, Framboesa

Divagando

image by Angelo Cavalli


Sinto necessidade de escrever aqui...

Gosto de dissertar, deambular por pensamentos e palavras, desabafar, divagar sobre o quotidiano, "corriqueirices" e doideiras...

Tenho este espaço no ciberespaço como meu...como uma extensão do meu imaginário, dos meus sentimentos...uma espécie de alter-ego em forma de palavras, simbolos e imagens...

Por isso é com uma certa pena que não tenho tido disponibilidade para vir aqui, a este recanto no meio de outros milhões...

Não estaria a mentir se dissesse que me falta a disponibilidade de tempo...A "escola" ocupa-me grande parte do tempo livre, com trabalhos, revisão de matéria (que é dada em catadupa) e coisas para estudar...Depois a própria "vida" tem ocupado o tempo que me resta...

Mas mais do que o tempo, tenho tido a mente assoberbada...tecnologicamente falando, precisava de fazer um "upgrade", ou um "reset" ao meu sistema interno...Precisava de adquirir um bom disco rigido com muito espaço e funcionalidades extra, porque tenho dias em que me é difícl processar tudo o que se passa cá dentro, com o discernimento e facilidade com que o fazia noutros tempos...

bjs, Framboesa

Esperança

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

image by:Yuna

"A esperança é a mão misteriosa,

que nos aproxima do que desejamos

e nos afasta do que tememos"

Severo Catalina del Amo

bjs, Framboesa

22 Como dita a tradição...

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

-Ontem comeu-se Bolo (Rainha) e foi o último dia que liguei as luzes do pinheiro de Natal...hoje vou começar a arrumar a tralha, levantar a mesa...lá para Domingo deve estar tudo arrumado e desmontado...
-Quanto á mesa...á pála da história da mesa posta até aos Reis, andei literalmente a aspirar (pela boca) tudo o que era frutos secos, broas, bombons e afins...até parecia que tinha um iman que me ligava á mesa, irra...
-E pois com certeza aumentei uns belissimo kilitos...e estou com um ar mais anafadinho...(nada de usar a palavra "gorda" ...nah nah nah...vibrações positivas!)
-E claro que em quatro dia entalei-me duas vezes, fiz uma bolha, apareceu-me uma afta e queimei-me no ferro de engomar...

E assim se cumpre a tradição...

bjs, Framboesa

12 Relembrando Belchior

terça-feira, 6 de janeiro de 2009


Não posso dizer que 2008 tenha sido um ano "mau", ou "bom" ou o que quer que seja...Tive saúde, comida à mesa, amor, amizade...seria muito injusto lamentar-me ou tecer comentários depreciativos...mas ninguém é de ferro...


Teve muitos altos e muitos baixos...e poucos "intermédios"... Fazendo juz ao meu pessimismo, comecei a relembrar muitas situações que prometi a mim mesma resolver, e que ficaram para trás ou foram ultrapassadas por outras que entretanto surgiram...Promessas feitas ao tocar das dozes badaladas, que ficaram pelo caminho, como que esquecidas...


Talvez por isso não tenha iniciado este novo ano com o maior dos sorrisos...confesso que num rasgo de mau humor e casmurrice, quase que me recusava a entrar no novo ano...Mas algo brilhou dentro de mim ( o Mike diz que estava num fuso horário diferente por isso festejei só 1 hora mais tarde...) e aqui me encontro a saudar 2009 com a força característica da época, que vou lutar por manter até dia 31 de Dezembro... e depois logo se vê...

Há um ano atrás passámos os primeiros dias de 2008 em Sevilha...era a época de Reis e num impulso de última hora rumámos a Sul...estes dias passados aqui tão perto encheram-me a alma ...

Foram dias felizes, de muita cumplicidade, descoberta, entusiasmo...Tudo nos deliciava, divertia ou entretia...Passeámos, namorámos, brincámos, presenteámo-nos...Qualquer pequena coisa despoletava um abraço ou uma gargalhada...Senti nesses dias uma liberdade, uma felicidade sem limites...
Não era o local, nem os acontecimentos, nem as férias, nem o tempo ameno...éramos nós!Nós é que estávamos a fazer magia!

É assim que quero viver 2009...
Preciso de respirar mais profundamente...contar até 10, 100, 1000 se for preciso, antes de baixar os braços ou resignar-me...
Quero ser feliz pelo simples prazer de ser feliz...sem datas, ocasiões ou motivos aparentes...
Quero abençoar todos e cada um dos 365 dias...


Um Bom Ano!

P.S.Fatiota piriri: calça com corte lateral a mostrar (toda...) a perna e top com decote fundo; tudo negro com detalhes dourados :-)

bjs, Framboesa