Porque não o "Porque-Sim"?

quinta-feira, 1 de outubro de 2009
Há coisa de um mês acabei o livro Comer, Orar e Amar de Elizabeth Gilbert...No meio de imensos "pequenos grandes nadas" que aprendi com o livro e dezenas de "estados de alma" com que me identifiquei imediatamente, retive uma ideia.

Elizabeth quer aprender italiano "porque sim" e num dado momento sentia-se um pouco embraçada por não ter um objectivo concreto para a aprendizagem do italiano, como por exemplo uma necessidade para determinado posto de trabalho ou uma exigencia devido a uma eventual mudança de país.Não, ela queria aprender italiano porque queria aprender italiano.Ponto final. E se os motivos deste desejo a deixavam de inicio constrangida, acabou por se aperceber que há coisas na vida que nos fazem felizes sem um objectivo qualquer pre-planeado...só porque sim.

Tenho um hobbie que para muita gente pode ser considerado estranho...e se de início dizia a mim mesma que o fazia para um dia lhe poder dar um uso, quiçá económico, hoje em dia assumo que o faço só porque me entusiasma, relaxa e dá prazer:

Tenho uma extensa (issimissimissima) colecção de imagens de "digital scrap book"...Não sei se algum dia as vou usar num qualquer negócio e nem sempre as uso para fazer os meus postais e convites...Mas da-me um prazer enorme e inexplicável descobri-las e recolhe-las da net, organiza-las em categorias e rever as suas utilizações e combinações...

E se dantes tinha uma certa vergonha de ter um "hobbie" que não servia para coisa nenhuma...e o achava uma grande perda de tempo...hoje sinto-me perfeitamente tranquila por fazer algo que me dá muito gozo e cuja principal função é fazer-me feliz!(o que já não é nada mau)...

Não sei se estou mais crescida, ou se me estou a valorizar mais...mas cada vez sinto menos necessidade de justificar as minhas escolhas, por mais toscas que pareçam ao resto da humanidade...

Por isso vou continuar a consultar a minha lista de sites sobre beleza e tendencias de moda (que acabo por não seguir), fazer uma escultura da abóbora do halloween (que acaba por ir para o lixo passadas umas horas), recolher receitas da imensa blogosfera (que nunca vou fazer)...e coleccionar o máximo de imagens para "scrap" que vou encontrando...

Porque sim!

Comer, Orar e Amar, Elizabeth Gilbert

5 zum-zun(s):

Mila Says:
1 de outubro de 2009 às 19:34

Minha querida,
obrigada pelas lindas palavras que me dirigiste. Obrigada por me seguires.

Quanto ao livro vou começá-lo este fim de semana...estou ansiosa!

Beijocas

Anónimo Says:
2 de outubro de 2009 às 11:03

É bom termos um hobbie, nem que seja para nós nos sentirmos felizes, o que os outros pensam não interessa.
Muitas beijocas e bom fim de semana.
Arminda

mllissa Says:
2 de outubro de 2009 às 11:42

Também tenho a mesma opinião do "porque sim", e acho que a idade realmente ajuda, no entanto também li esse livro este ano o que me deu muito gozo. Tambem por me identificar com algumas coisas, comecei a valorizar-me mais (aquelas coisas de ter tempo para mim e isso...)
Bjos e parabens pelos blogs

Framboesa ( a estalajadeira deste estaminé) Says:
2 de outubro de 2009 às 11:47

Obrigada Mlissa pelo teu comentário :-) Como tenho hábito de responder via mail, se quiseres deixa-me o link do teu blog ;-)
um beijo e bom fds
P.S. a idade ajuda a tanta coisa e não ajuda nada a tantas outras coisas!

Sandra Says:
2 de outubro de 2009 às 12:16

Concordo com tudo o que disseste lindona! Tantas coisas que tentamos arranjar uma desculpa p nos justificar qd nos bastava dizer: Porque sim! ;)

Um beijinho para ti!