1-Verdade...com sabor a salsichas com lombardo

quinta-feira, 26 de março de 2009

image by Mirrorpix


Quando casei não sabia cozinhar...nada! Para mim cozinhar era por esparguete a cozer ou abrir um pacote de qualquer coisa.Ponto final.
Fazendo juz ao meu perfeccionismo, meti na cabeça que a primeira refeição que apresentaria ao meu jovem esposo (ehhhhhhh) teria que ter o seu quê de requinte...Nada de bife com batatas de pacote, frango assado da churrasqueira...Depois de trocar umas ideias com a minha Mãe via telefone, achei que a coisa seria básica...e seria se eu tivesse estado mais que 10 minutos em frente ao fogão ao longo dos últimos meses...

Achei que tinha percebido as indicações todas e vai de fazer refogado para 10 salsichas, usando meia cebola cortada finamente...Ao fim de uns 20 minutos a cebola pareceu-me acastanhada, mas pronto...deixei andar...Como as salsichas pareciam que estavam mal passadas, deixei estar a "marinar" ao lume umas 2:30-3 horas...

Quando o Mike chegou á noite para jantar, só descobriu que eram salsichas com lombardo porque eu lhe disse...Porque na verdade o que estava no fundo do tacho era uma amalgama de carne espezinhada, couves sumidas e cebola esturricada...eventualmente uma ou outra salsicha escapou á chacina do fogão...mas das couves só haviam umas résteas tipo esparregado...

E após uma inspecção ao tacho e uma rápida prova, foi com espanto (meu) que ele me disse:
- Oh amor, não está queimado...está apurado!...

E eu acreditei.

Mentes tão bem quando é preciso :-)

bjs, Framboesa

15 zum-zun(s):

karoxinha Says:
27 de março de 2009 às 00:17

xxiiiiiiiiiiiiii... mas olha o q conta é intenção... e foi tudo feito com mto carinho e amor... e isso valeu por tudo ;)

bjinhos karinhosos
Karoxinha

Alexia Says:
27 de março de 2009 às 09:53

Olha lá isto vai ser uma de cada vez certo parta fazer sofrer....

e se for tudo assim tenho de ir comprar fraldas :)

ou seja mexelhania de salsicha com legumes é o que foi...pobre moço

beijos a rir e a imaginar como ficou a cozinha e o estomago de vocês dois

Cláudia Says:
27 de março de 2009 às 10:33

Pois... 1 de cada vez para fazer a malta sofrer :))

O mike foi muito querido...mas eles são sempre assim no inicio :)

MRPereira Says:
27 de março de 2009 às 10:37

A minha primeira refeição prá Cláudia também foi um desastre! Ela não gosta de cogumelos e milho e eu fiz-lhe um refogado todo bonito! Só que no meu caso o refogado teve pouco tempo a refogar por isso... Ela num gostou!

Mas comeu um bocado, como menina bonita e apaixonada que sempre foi! Mas sem o saber :)

Beijinhos

Amora Says:
27 de março de 2009 às 10:43

Claro que com o tempo, as salsichas deixaram de fazer partes dos menus!!! (Digo eu!!!)

Beijinhos

Paula Says:
27 de março de 2009 às 11:00

Realmente, 2h30 a cozinhar salsichas... Inventaste uma receita nova: esparregado de salsichas!
:)
Bjs!

Juanita Says:
27 de março de 2009 às 12:36

ai miga esta eu tinha a certeza que era verdade, ouvia directamente da ti!!
que posso eu dizer??!! além de que o Mike mais uma vez provou ser um verdadeiro cavalheiro?! (sim, pq se fosse outro, aquele q comeu bacalhau á brás ao sal eh eh eh, nem comia eh eh eh)

bem o que vale é que nestes anos tens sido varios workshops de cozinha e coisa tem melhorado bastante!!

beijos grandesssssssssssssss

Amora Says:
27 de março de 2009 às 13:01

Ahh...mete uma cunha à Alexia, para eu poder lê-la. Thanks

Luazzinha Says:
27 de março de 2009 às 15:30

ehehehehehe
amar é isso mesmo :) é dizer que esta bom so para não colocar kem amamos triste :)
bjs com carinho

Garfieldzita Says:
27 de março de 2009 às 16:40

Olá!

A tua vida dava mesmo um conto "daqueles"..

lol... so mesmo tu!

Bjokas com saudade

Caroline Says:
27 de março de 2009 às 20:53

Não me posso rir assim... ai as contrações!!!

E eu que gosto tanto desse prato... mas depois do que aqui li nunca mais olharei para ele do mesmo modo... humpf*

BEijos ainda a rir***

Ana Says:
28 de março de 2009 às 16:56

Ahahahah isso eh que eh uma verdadeira declaracao de amor!!!
Beijocas

turbolenta Says:
28 de março de 2009 às 19:38

lol lol
Gostava de ter visto. São coisas que nunca esquecem, por muitos anos que se viva.
Por estranho que pareça , quando comecei a cozinhar a sério,nos primeiros tempos nunca me acontecei tamanha desgraça. Mas quando os meus filhos eram pequenos, uma vez entrou frango para assar no forno e saiu frango carbonizado e uma limpeza geral à cozinha e corredor pois ficou tudo mais negro que o carvão .Assim que abri a porta do fogão veio uma núvem tão preta e era só pó preto pelo ar. Isto porque fui À Rua e pensei que deixei o forno no mínimo e ele ficou no máximo.
Ficou lindo, ficou!
Mas lembro-me que uma vez pensei em fazer um jantar para impressionar um amigo que trazia debaixo de olho. ESmerei-me na coisa! Livro de receitas na mão, avental pela frente e cozinha com ela. Tive uma trabalheira do caraças. POr acaso a comida saiu bastante boa. Só que o fulano, além de vir atrasado, vinha cansadíssimo e cheio de sono, que mal conseguia abrir os olhos. Depois ainda se descoseu a dizer que era grande apreciador de comida bastante simples. É que o jeitoso trabalhava a bordo de uma companhia aérea e estava mais que farto de comer em hotéis.Mas lixou-se, pois logo a seguir saiu-lhe na rifa um prato simples e bem português: bife com batatas fritas e ovo estrelado.
lol lol

beijinhos

Cristina Says:
30 de março de 2009 às 00:51

LOL o que me fizeste rir agora...eu também fui um pouco igual a ti
:))

nutmeg Says:
1 de abril de 2009 às 13:41

Que lindo é o amor ;D!