INEM

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Serve o presente para agradecer ao serviço do INEM que na passada Terça-Feira pelas 10:30 da manhã se recusou a prestar assistência ao meu pai.

Depois de estarmos cerca de 15 minutos á espera que atendessem o telefone, que até compreendemos, tivemos uma nega de assistência.

Explicámos que o meu pai é uma pessoa com muitos problemas de saúde, com um extenso historial clínico, que estava de cama, a contorcer-se com dores insuportáveis, com suores e tremores, que tinha passado a noite toda a evacuar mas que cada vez tinha a barriga mais inchada e anormalmente inchada, que estava pálido, com umas olheiras profundas e quase inconsciente, que não conseguíamos de modo nenhum leva-lo para o hospital porque ele não se conseguia levantar, nem sequer se conseguia dobrar e que a situação estava a piorar de minuto a minuto...

Responderam-nos que dada a situação descrita não se justificava irem lá a casa.

A situação era de tão baixa gravidade que o meu pai se encontra internado no hospital desde Terça-Feira...Tivemos que pedir o apoio aos bombeiros para o transportar...Só ontem ao fim da manhã se descobriu que tinha tido um episódio de "nó no intestino", que, para quem não saiba, pode levar à morte se não for atendido e resolvido a tempo.

Felizmente e graças a Deus, o meu pai está estável e se Deus quiser não será necessária cirurgia...

Por isso queria agradecer aos senhores do INEM, porque se tiver necessidade de apoio médico urgente em alguma situação da minha vida (queira Deus que não), já sei que não valerá a pena ligar e assim pouparei tempo e quem sabe, uma vida...

P.S. Obrigada a todos os meus Amigos e Familiares que ao saber desta situação me telefonaram e deixaram SMS's e mensagens no e-mail...Que Deus vos abençoe muito, muito!


bjs, Framboesa