Conversa comigo mesma

terça-feira, 29 de julho de 2008


Pára um pouco para pensar...
Ou não...
As coisas nem sempre são como imaginas-te que seriam...
Alguns sonhos ficaram pelo caminho...Algumas possibilidades deixaram de o ser...
Já nem te apetece planear nada...e ás vezes nem te concedes sonhar...
Estás desmoralizada...
Por vezes, assim a frio, parece que falhas-te em todas as áreas da tua vida!
Olhas em teu redor e parece que tudo funciona como se de uma engrenagem perfeita se tratasse...menos tu.
Sentes que não encaixas.
Que não serves.
Que não consegues...mas também não te apetece tentar sequer, antecipando o falhanço que é mais que certo.
Respira fundo.
Não existem engrenagens perfeitas...talvez aparentem que o são, mas há sempre grãos de areia em todas as vivências!
Muitos dos teus sonhos não foram realizados...talvez nunca o venham a ser...
Mas surgiram outras experiencias na tua vida com as quais nunca sonhas-te!
Há muitos tropeções pelo caminho.
Mas nunca caís-te verdadeiramente.
E mesmo quando estives-te prestes a cair, sempre tives-te a benção de teres mãos, braços, sorrisos e palavras para te ergueram.
Nem todas as pessoas se podem gabar disso.
Tem Fé.
Tudo se ha-de resolver pelo melhor.
Sempre foi assim.
Não ha-de ser agora que as coisas não se vão encaixar.
Pára de te preocupares.
Não és perfeita...mas ninguém o é...
As coisas nem sempre são como queres que sejam...o que não quer dizer que tenham que ser menos boas por isso!
E mesmo que tudo desabe,
vais ter sempre quem te acolha no seu coração...


bjs, Framboesa