Vida de Faz de Conta

terça-feira, 1 de abril de 2008

Dia das mentiras...
E se criassemos uma vida paralela, tão elaborada, tão rebuscada, tão sintonizada...uma ilusão tão ilusória que nós próprios começassemos a acreditar que essa vida era real?


Aconteceu há coisa de 2 anos...

Costumava visitar e receber visitas de um bloguista (não interessa se é homem ou mulher...isto é apenas um desabafo, um lamiré, uma divagação...não estou aqui para acusar ninguém e muito menos para desmascarar essa pessoa...)

Adorava receber as visitas dessa pessoa, porque tinha uma vida super preenchida, sempre com muita emoção, muitas coisas a acontecer a todo o momento...além de que viajava imenso, vivia experiencias que eu talvez nunca viesse a viver...as fotos eram sempre maravilhosas e faziam-me sonhar de olhos abertos...tinha sempre uma palavra sábia acerca de tudo um pouco...

E as semanas foram passando...

Até que em conversa com outros blogueiros, a conversa passeou-se entre os blogs e as pessoas por detrás dos mesmos...nada em particular...só mesmo bla-blas sem consequências...E aos poucos, começámos a confrontar ideias e conversas...

Cheguei á amarga conclusão que aquela pessoa era (é) uma farsa...secalhar nem existe...

Mas foi preciso chamarem-me á atenção para factos inegáveis ...fotos que publica(va) como sendo suas e de experiencias pessoais, que vamos encontrar numa pequena busca no google retiradas de sites estrangeiros...imagens de viagens, idem-aspas...E-mails que enviava a dizer que estava nos mais espatafurdios locais do mundo...e o servidor acusava como estando em Portugal...factos que relatava que não batiam certo...Histórias que contava que eram um copy-past traduzido de blogs estrangeiros...

Perguntei directamente acerca de uma foto que publicou como sendo de coisas que tinha em sua casa...Disfarçou...disse que ela tinha cedido essas fotos á internet...

Mas depois nada do que essa pessoa dizia batia certo...nada mesmo...

Mandei-lhe um e-mail...perguntei o que se passava,para não levar a mal...mas se estava a precisar de ajuda...uma pessoa que inventa uma vida...está a menosprezar totalmente a sua vida...pode estar a gritar por ajuda...não fui mal educada nem mal intencionada...

Já mais pessoas lhe tinham perguntado porque ela inventava tanta coisa...

A reacção foi a mesma...barragem de acesso ao blog e falta de resposta aos e-mails...

Ok...Cada um escreve nos blogs o que quer...mas com algumas pessoas acabamos por desenvolver uma relação paralela, mesmo que seja só através de e-mail ou messenger...acabamos ás vezes por desabafar...não falo tanto por mim, porque tenho os meus relacionamentos escolhidos a dedo...mas ... começou-me a fazer confusão outros bloguistas estarem a desenvolver uma amizade com base em tantas mostras de mentira...não sei...acho que uma pessoa assim acaba por ser um pouco perigosa...a falsidade, seja em que vertente for é perigosa...eu acho...

O mais estranho é alguém ter necessidade de recorrer a peripécias, histórias, viagens, ...uma vida paralela...

Mais do que falso...é triste...é mesmo triste que alguém tenha que pedir emprestada uma vida alheia para fazer um blog...

Hoje em dia o blog dessa pessoa já tem acesso a todos...continuo a ve-la por aí a comentar...as histórias já não são tão extravagantes...sei que ela me visita...mas certamente não tem coragem de mandar qualquer bitaite que seja...secalhar não estou talhada para este mundo de faz-de-conta...

bjs, Framboesa

17 zum-zun(s):

Patusca Says:
1 de abril de 2008 às 14:06

Não soube desse caso, mas conheci um caso do género. Um blog que seguia (silenciosamente) e que contava as peripécias de um pai que tinha sido abençoado com trigémeas... Pois, era muito interessante, não fosse tudo copiado e traduzido de um site dum casal norte-americano... Acho incrível como é que se tem lata para fazer isso....

Beijocas

karoxinha Says:
1 de abril de 2008 às 15:47

Olá

sabes infelizmente hoje em dia existem cada vez mais casos desses... se deres um "giro" por muitos blog's vais ver que tudo são historias de felicidade, de coisas boas... e às vezes pergunto-me "mas será que só eu é q tenho problemas??? sera q as "desgraças" so me acontecem a mim??? ou será que as pessoas só contam o que lhe convém???"... cheguei a conclusão que é a resposta certa seria a terceira...

Como é obvio não conto tudo da minha vida no blog (como diz ratão conto só 90% lol)... mas uma coisa é certa... o que lá está é vivido a 100% por mim... é a minha realidade, o meu dia a dia... e tenho coisas maravilhosas e tenho outras que são uma porcaria... tenho uma vida igual á de milhares de portugueses de classe média... não faço grandes viagens e tb não faço compras extrabagantes... até mesmo pq o orçamento não permite... e as pessoas que aparecem naquele blog mesmo q desfocadas ou "máscaradas" somos nós... não vejo necessidade de inventar uma outra vida, até pq mesmo a minha já me dá mto que fazer e pensar...

concordo contigo... mesmo não imaginando sequer quem é a pessoa, concordo que deve ser muito triste não querer falar da sua própria vida... deve ser uma pessoa a "gritar" por socorro... e acho que devia ser ajudada, mas para isso é necessário aceitar ajuda...

e não é por ser hoje o dia das mentiras que vou mentir sobre o que quer que seja... mas às vezes para bem da "nação", oculto alguns detalhes (hihihihihi)

bjinhos karinhosos
karoxinha

carol Says:
1 de abril de 2008 às 16:01

bem percebo o que dizes... o caso das trigémeas, já referido, chocou-me imenso :(
Há pessoas que procuram aqui dar um sentido à sua vida... tenho pena... que usem máscaras e messenger para manipular as pessoas a seu favor... pior quando é contra alguém ( e bem sei do que falo!)
Li antentamente o que disse a karoxinha... e revi-me naquele conceito de vida cor-de-rosa... apesar de não ser só cor-de-rosa... esta é a parte que decido registar.. recordar... mas não é a única :)
As coisas menos boas vão para o baú... de não saiem mais ;)
Tipo caixa de pandora... entendes ;)
Não falando delas... passado um tempo nem me recordo que existiram... sou optimista por natureza!

Beijos verdadeiros... porque o assunto pede seriedade... senão hoje deriam mentirosos ;o)

Sarapatica Says:
1 de abril de 2008 às 17:55

K cena.........nem imaginas o quanto fiquei curiosa por saber quem é :) omo é pessivel haverem pessoas assim...Mas imagina conheceres alguém assim fora da blogosfera, é entristecedor podes ter a certeza, ainda por cima tendo consideração pela pessoa, já apanhei com cada choque, são coisas impensáveis, á pessoas que infelizmente não admitem o que realmente são , mas ok vou esquecer esse assunto. :) Second live está a levar pessoas á falência e á loucura...
Mil beijinhos e não émentira k tens um desfio no meu blog...joquinhas

Jojozinha Says:
1 de abril de 2008 às 18:38

eee... eu lembro me bem dessa historia. ja nao me lembro é que é!! :S lol eu sei k n falava mt c essa pessoa! :S
beijo enorme minha miss

ccva Says:
1 de abril de 2008 às 22:51

Granda cena ... vamos lá nós entender as necessidades que se passam no interior das pessoas.
Beijinhos grandes.

Luna Says:
2 de abril de 2008 às 08:50

eu lembro-me disso... e sinceramente acho que o melhor, nestes casos, é nunca nos envolvermos demasiado com quem não conhecemos tão bem. se calhar, por isso mesmo, sou tão comedida a mostrar quem eu sou... mera segurança! :P beijinhos linda

Ana Garras Says:
2 de abril de 2008 às 09:25

A vida realmente é muito chata, se não fizermos algo para a mudar.
Pois a maioria do tempo é trabalho - casa, casa - trabalho, o resto do tempo que seja ao menos vivido da melhor forma.
Agora ter o trabalho de fazer traduções de blog e ir à procura de fotos, minha nossa, essa pessoa não deveria ter mais nada para fazer!!!

Luazzinha Says:
2 de abril de 2008 às 12:09

infelismente mts pessoas nao tÊm uma vida de sonho mas adoravam ter... adoravam de tal forma que a vida delas passa a ser um sonho e passa a estar fora de realidade... passa a ser um ilusão!
Enfim... Não concordo mt... mas cada um vive a sua vida á sua maneira desde que essa forma de viver na prejudique ninguem claro!
bjs

Querubina Says:
2 de abril de 2008 às 12:53

Ola miga, realmente a blogoesfera não e tão transparente como parece. Basta que tenhamos consciencia que isto não passa de algo virtual. Para muitas pessoas e um mero escape, e uma forma de criarem algo que não vivem. Ja soube de varias pessoas assim na blogoesfera. Por isso é muito poucas as pessoas que passo de comentarios, porque e muito mau haver entrega e descobrires que afinal as pessoas não existem. Mas tambem ha mais coisas que se passam, e confiares e criares amizade com pessoas e de um momento para o outro por incompreensão ves a tua vida publicada, por vingança, por difamação, tambem ja vi disto pelos blogs.
Miga isto e virtual, temos que valorizar os amigos que conhecemos, mesmo que tenham sido feitos por este canal.

Beijufas de Luz e uma optima quarta feira

Algodão Doce Says:
2 de abril de 2008 às 14:25

Olá!
Existem pessoas que devem ter uma vida tão vazia que sentem necessidade de criar uma "personagem"
imaginária...enfim há que separar bem as coisas e não se envolver a 100%.

Eu estou em fase de recuperação, as coisas não correram muito bem...mas melhoro de dia para dia e isso é o que importa :)
Também agora tenho um ser maravilhoso para cuidar e por ele valeu tudo.

Beijinhos doces

karoxinha Says:
3 de abril de 2008 às 11:53

Olá

ouve cá porque raio nao posso dar os parabens a tua mae ali em cima hein... sua "inbejousa"... é o q é

Um enorme beijo de Parabéns a Sra Framboesa, que conte muitos mais sempre com muita felicidade e saude... e claro sempre rodeada de todos aqueles q amam...

Bjinhos karinhosos a catar parabéns a mamã da Framboesinha
karoxinha

turbolenta Says:
3 de abril de 2008 às 15:28

Há pessoas que vivem uma vida fictícia. Elas próprias mentem tanto que, às tantas, nem elas sabem o que é verdade ou mentira.A mentira compulsiva é uma doença.
Também acho que todos mentimos, seja até pelos motivos mais insignificantes e por coisas sem pés nem cabeça!
Mas essas mentiras.... as provenientes de "ataques de ilusões" que essa pessoa tinha, também não devem ter-te afectado demasiado.
A mim pouco me importa se alguém é rico, se passeia muito, se tem um palácio ou vive num andar ou barraca. Cada um vive conforme as suas possibilidades.
Não concordo com a ostentação(mesmo que real) que certas pessoas fazem da sua vida, dando-a a conhecer aos outros só para lhes provocar invejas.
(E sabemos como o POrtuguês é invejoso!)
Ai ainda anda por aí? E quem é? fiquei supercuriosa!
(um dos meus grandes defeitos)...
Mas nunca me devo ter deparado com tal visita.....ou eu andava muito distraída, que nunca me apercebi!....

Deixa-as poisar!
bom resto de semana

Juanita Says:
3 de abril de 2008 às 21:47

pois pois quem não se lembra dessa história!! eu lembro me (se bem que fui alertada para isso mas...), eu sinceramente não compreendo o porqu~e das pessoas fazerem essas coisas, mas vá-se lá compreender a mente humana de alguma pessoas!!
eu gosto de escrever (qd tou inspirada) no meu blog...é o meu canto, o sitio onde posso dizer meia duzia de parvoices ou até desabafar, só lê e comenta quem quer!!

acho graça teres pegado no dia 1 de abril e voltares a falar desse tema...és engraçada!!

beijocas grandesssssssssssssss

Luazzinha Says:
4 de abril de 2008 às 15:11

depois passa no meu cantinho para veres a nossa aventura ehehehehe
bjs

Bolota Says:
5 de abril de 2008 às 12:32

o único sentimento que essa história me desperta é a pena...
Pena a sério, por haverem pessoas com vidas tão pouco interessantes que tenham que inventar uma outra. Pena por haverem pessoas a quem mentir não incomoda. Pena por haverem pessoas que tenham vergonha de se assumirem tal e como são... enfim... com tanta pena, daqui a pouco pareço uma galinha!!! Hihihihi (só para aliviar a tensão, claro!)

Espero que tenham tido um dia 3 muito feliz!!!
Já vos dei os parabéns, mas vou dar outra vez: Parabéns Mumy Frambooooo!!!!

Bjos :o)

carla m. Says:
6 de abril de 2008 às 19:37

Isso faz me muita confusão mesmo. Faz me confusão, pena e desculpa a franqueza, essas situações repugnam me. Eu lembro me dessa historia, não me recordo quem era mas penso que até era alguém com quem não costumava falar...graças a Deus.
Mas eu também já falei e visitei e comentei blogs de pessoas mentirosas!!!
Tenho estado assim, pró ausente, porque ando cheia de problemas e pouca vontade de falar.
Beijos grandes e uma boa semana