Pizza Caos

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008


Pizza é o meu prato favorito...não é nem bacalhau com natas, nem cozido á portuguesa, nem arroz de marisco, nem qualquer outro prato para "adultos" e com ar, textura e sabor a prato preferido de alguém...É pizza, pronto! :-)

Para celebrar o S. Valentim, que também era grande apreciador de pizzas...(...ok...não sei se era...mas na volta até era e ha-de vir aqui alguém entendido ler estas linhas e investigar e descobrir que foi S. Valentim que afinal inventou a pizza quatro estações...e aí quero ver se me olham com esse ar descrente!eh eh eh!)


Adiante...decidimos celebrar o S. Valentim com a elaboração a dois de uma pizza caseira...Amassar a massa, escolher os ingredientes e saborear uma bela de uma pizza no aconchego do lar...(lá estão os violinos outra vez...)


Investiguei, investiguei...e depois de passar os olhos por uma catrafada de receitas de massa para pizza, lá me decidi por uma do "Xor" Peter Reinhart que parece que é um mestre padeiro, um verdadeiro chef na arte de fazer e moldar tudo o que leva farinha e fermento...

Claro que encontrei imensas receitas de massa de pizza bastante simples, algumas que nem precisavam de levedar...mas não...Aqui a "je" tinha que encontrar uma que fosse mais elaborada e que tivesse que ficar no frigorifico de um dia para o outro...como hoje o meu Valentim não está disponível ao serão, fizemos a massa ontem...

A receita, adaptada da receita de massa do Peter Reinhart é a seguinte:

4 e 1/2 chavena de farinha de trigo gelada
1 e 3/4 colher de chá de sal
1 colher de chá de levedura instantanea
1/4 de uma chavena de azeite
1 e 3/4 de uma chavena de água gelada
farinha de semola para polvilhar

1.
Misturar:farinha, sal, levedura numa tigela grande

Ir juntando com uma colher metálica a água e o azeite até misturar tudo
Mexer a mistura com a colher que se vai mergulhando na água ou mexer com as mãos que se vão mergulhando na água, enquanto com a outra mão se vai virando a tigela.
Ir revertendo o sentido para onde se mexe para activar o gluten e levedura.
O processo dura cerca de 5 a 7 minutos.

2.

Polvilhar o balcão com farinha e passar a massa para o balcão
Pôr uma folha de papel vegetal num tabuleiro e untar levemente com azeite.
Dividir a massa em 6 porções, usando uma espátula enfarinhada.
Polvilhar as porções com farinha.
Com as mãos secas, passar as mãos por farinha.
Pegar em cada uma das porções cuidadosamente e fazer uma bola com cada uma delas.
Passar cada uma das bolas para o papel vegetal e borrifa-las com azeite.
Tapar com pelicula aderente.


3.

Pôr o tabuleiro no frigorifico a descansar no minimo 1 noite (até 3 dias)
(Para congelar:passar cada uma das bolas por azeite e colocar cada bola em sacos separados, até no max 3 meses.tranferir para o frigorifico na véspera de se fazer a pizza)

O que realmente se passou:

Eu misturava a farinha com o sal e a levedura e o Mike deitava água e azeite aos poucos...De início a coisa ainda se deu...Depois parecia que estava a misturar lama...Sim...porque a amalgama de massa dentro da tigela não era massa...era lama...que não dava para amassar, só mexer, misturar e mexer, e rezar para que se transformasse em qualquer coisa moldável...


Ficou o Mike a fazer os possíveis para dar a volta á lama, que entretanto ganhava grumos e eu fui á net ver se vía imagens de como era suposto a massa estar nesta altura do campeonato...Só encontrei videos onde a dita se amassava na máquina, mas como eu não tenho as pazinhas próprias para pão, teve mesmo que ser á mão...


Depois de muito esforço físico lá se despejou a lama, tipo Cerelac, para cima da mesa enfarinhada...e ela começa rapidamente a escorrer pela mesa tal qual lava de vulcão...


(...a ideia de um serão romântico a fazer massa para a nossa pizza, começava a parecer um sonho longínquo e o meu sorriso de entusiasmo estava rapidamente a transformar-se num ranger de dentes...)


...Dividir a massa em seis foi missão impossível, porque ela voltava a escorrer mal eu a dividia...

Depois de enfarinhar as mãos ( e os braços, cotovelos e ombros...) lá fiz o possível por fazer as ditas bolas...que não ficaram bolas...ficaram assim uns pequenos ninhos de massa, com formas suspeitas e com muita farinha em cima, mas também já não nos interessava...

O Mike cortava pelicula aderente para as "bolas" não se misturarem umas com as outras, eu não conseguia ajeitar as bolas na pelicula porque tinha cascos (cascos!) de farinha e massa nas mãos...



Hoje de manhã quando passei pelo frigorifico vi que os montinhos de massa disforme se mantêm exactamente do mesmo tamanho...


E amanhã há mais...


(Acho que o S. Valentim gostava era de salada de alface ...daquela que já vem lavada e pronta a comer...a ver se me recordo disto para o ano...)


bjs, Framboesa

11 zum-zun(s):

Luazzinha Says:
13 de fevereiro de 2008 às 14:42

ehehehehehe miga desculpa me rir... mas a este teu post fez me lembrar a minha tentativa em fazer molho de francesinha ou entao de fazer crepes... tb andava toda entusiasmada mas as experiencias acabaram todas comigo numa pilha de nervos :P
Tenho a certeza que nao este episodio que vos vai estragar o serão :)
bjs com mts sorrisos

karoxinha Says:
13 de fevereiro de 2008 às 22:06

Ola

miga... era pizza light... dakela muito light mesmoooooooo... mas daquela tão light tão light q nao cresceu... ;)

mas pronto... foi um serão a dois, que amanha vao recordar entre sorrisos e gargalhadas... mais um a juntar àqueles que nunca esquecerás....

bjinhos karinhosos
karoxinha

Juanita Says:
14 de fevereiro de 2008 às 12:25

eh eh ehe he he ehe he desculpa miga mas não consegui deixar de me rir!! atão andas a fazer lama caseira?! eh eh eh
tou a imaginar vosna cozinha sem duvida!! eh eh

pois aqui pelos meus lados o jantareco tb vai ser caseiro, mas a ementa escolhida foi bacalhau à gomes sá!! ( um bocadinho pro saloio, mas foi o que decidimos), de sobremesa temos chesecake e um bolo que tá com um aspecto optimo de chocolate com morangos!!

miga obrigada pelas tuas palavras e por seres uma verdadeira amigaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!
GMDT!

beijocas grandes e uma excelente noite de namorados!!

Juanita Says:
14 de fevereiro de 2008 às 13:04

quer dizer agora queres arruinar a minha reputação de menina bem comportada!? ora agora...desde quando é que qd à festarola cá em casa eu perturbo os seus serões intimos?????? hummmmm
não tinha conhecimento que o barulho chegava aí (embora tenha recebido uma carta da junta de freguesia de S.D.Rana a alertar para a poluição sonora...não p+ensei que tivesse a ver com as festarolas aqui de casa...) mas já percebi...foste tu que fizeste uma denuncia...enfim bons vizinhos!! eh eh eh

é pá o xanax não dá resultado com o puto (é mau) acho que vou antes dar-lhe uma martelada na cabeça, e po-lo em "coima induzido" eh eh eh eh eh eh (quem ler isto ainda me julga maluca)

beijocas malucas

karoxinha Says:
14 de fevereiro de 2008 às 13:21

Olá

ca estou eu aqui em baixo... para que esse vosso amor seja mesmo eterno... sempre com esses corações a cirandar as vossas vidas de felicidade...

♥♥♥ Feliz dos NAmorados♥♥♥
~
bjinhos karinhosos
karoxinha

Verita Says:
14 de fevereiro de 2008 às 15:56

Amigaaaaaa é verdade mesmo, S. Valentim era vegetariano mesmooo, investiguei agorinha pois fiquei curiosa neh... pizza não me parecia ser mesmo o prato do santo e não é que o honrado dito cujo do amor era do partido dos verdes?!... ah ah ah, tanto trabalho ve tu e a coisa ajeitava-se mesmo só com uma mera alface... o q me ri contigo!
Mas olha existe lá coisa mais romantica que amassar a massa juntinhos na cozinha, eu cá amei o programa e pró ano vamos lá em casa copiar aqui o casal framboesa... agora entendo essa vossa boa disposição constante... vocês comem pizza, simmm aposto que é esse o segredo... por isso as pessoas q fazem dietas vivem tristes! Caramba mulher tu és mesmo um génio...

Minha lindona desejo-vos um dia cheio dessa felicidade tão vossa caracteristica... que no meio da massa e dos sabores possa florescer e dps nascer (este é o meu desejo atenção) um fruto lindoooo desse amor... ai migaaaaaa morro de vontade de ver um bebé silvestre que queres, HIHIHI :))))

Jokas minhas mto in love

Ana Says:
14 de fevereiro de 2008 às 19:34

A batedeira que ganhei de presente hoje tambem da para fazer pizza, e o melhor de tudo eh que tem um adaptador que faz pasta fresca. Hoje nao me calo com a batedeira!!!!
A minha filha adorava uma pizza que eu comprava no Pingo Doce da Rebelva chama-se Ristorante a favorita dela eh tomate and basil.
Pizzas nao eh o meu cup of tea.

Ana Says:
14 de fevereiro de 2008 às 19:34

Ah! Um Feliz dia de S.Valentim para voces eternos apaixonados.

Ana Says:
14 de fevereiro de 2008 às 20:06

Li mesmo agora o email que me mandaste, comoveu-me muito.

Bolota Says:
15 de fevereiro de 2008 às 00:57

Amiga,
para o próximo ano lembra-te de me pedires a bimby emprestada!!!

Com pizza ou sem pizza, espero que tenham uma feliz ceia!
Happy Valentine's day!

Bjos :o)

Natural Naturalmente Says:
15 de fevereiro de 2008 às 11:16

Estou a espera da continuação, tenho certeza que teve um final feliz....

Será que a massa virou pizza???
Quem limpou a cozinha???
o que foi o jantar???
Quem ligou para a Telepizza???

um beijinho
Márcia